Início>Atualidade>Tributo a Zeca Afonso em Rio Maior

Tributo a Zeca Afonso em Rio Maior

Dia 21 de outubro, às 21 horas, no cineteatro de Rio Maior irá ter lugar um espectáculo musical em memória de Zeca Afonso com a apresentação, em simultâneo, de um livro com o tema “Todas as canções Partituras/Letras/Cifras”.

O Espectáculo que terá a apresentação do livro bibliográfico de Zeca Afonso, contará com as interpretações musicais a cargo de Ana Ribeiro, Pedro Baranita e João Luís Madeira Lopes, que percorrerão a discografia do provavelmente o mais conhecido canta autor português.

Zeca Afonso, estudante de Coimbra, iniciou a sua carreira no Fado de Coimbra, e foi membro da Tuna Académica e do Órfeão, revelando-se de imediato como um intérprete singular da canção coimbrã.

Depois de uma carreira com uma música carregada de cariz ideológico, que o levou à prisão durante o ano de 1973, Zeca Afonso, foi acometido por uma doença degenerativa incurável, a Esclerose Lateral Amiotrófica, e viria a falecer precocemente, com apenas 57 anos em 23 de Fevereiro de 1987.

O seu último concerto ocorreu há 40 anos no Coliseu do Porto, mas em Janeiro do mesmo ano, aconteceu o concerto mais marcante, no Coliseu de Lisboa, que foi gravada e editado em CD. Nesse concerto, visivelmente doente Zeca foi ganhando ânimo ao longo da atuação e terminou em apoteose.

O espetáculo que agora acontecerá no Cineteatro é promovido pela Cooperativa Cultural Alma Maior, em colaboração com a associação AJA – Associação José Afonso– e com a contribuiçao da Câmara Municipal de Rio Maior, promete uma noite de animação e divertimento, relembrando as músicas de Zeca Afonso que todos nós conhecemos.

Os Bilhetes terão o custo de 8€. Podem ser adquiridos nas bilheteiras do Cineteatro ou na sede da cooperativa na R. D. Afonso Henriques 59A.

Gostou de ler esta notícia faça a sua assinatura, ajude-nos a informar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.