Início>Atualidade>Festival Internacional de Música de Setúbal
Festival

Festival Internacional de Música de Setúbal

O Festival Internacional de Música de Setúbal (FIMS) acontece de 19 a 28 de Maio de 2023 e será mais inclusivo do que nunca. Um Festival de música que eleva os mais altos valores musicais e humanos, fundindo-os numa simbiose de interesse e relevância internacional.

Desde o seu lançamento, o único festival de música português onde a inclusão é central no trabalho desenvolvido ao longo de um ano, é sustentado em torno de 3 grandes eixos: inclusão, igualdade e criação musical. A partilha de espetáculos públicos entre artistas consagrados no panorama Nacional e Internacional, e jovens do ensino básico, ensino musical, assim como crianças e jovens com necessidades especiais, são momentos memoráveis do Festival Internacional de Música de Setúbal.

Com o alto patrocínio da sua excelência o Presidente da República, o FIMS, criado em 2010, é um evento onde a música ultrapassa os modelos convencionais. São momentos em que as crianças e jovens são encorajados a descobrir o seu potencial musical e a sua identidade artística.

O Festival Internacional de Música de Setúbal 2023, sob o mote – escutar a diferença, promove a escuta desde a sua origem. Só escutando, e, portanto, compreendendo a diferença e a diversidade, é que poderemos dar voz a uma igualdade mais efetiva onde todos possam expressar-se através da música e da cultura, como meios de inclusão sociocultural e artística” realçam Bruno Martins e Marcelo Bratke (Diretor Artístico residente e Diretor Artístico convidado).

A intenção pedagógica do Festival Internacional de Música de Setúbal mantém-se cada vez mais ativa, com uma cooperação estreita com as várias instituições educacionais do Concelho de Setúbal, o que se traduz na participação intensa de jovens estudantes em todos os concertos, protagonizados por grandes artistas consagrados do panorama musical nacional e internacional”, referem ainda.

Com cabeças de cartaz como Camané, no dia 19 de Maio, Ana Laíns, no dia 20, Bárbara Tinoco, no dia 25 e Júlio Resende, no dia 26, o programa é extenso e diversificado. Sempre com a inclusão, igualdade e música no seu sentido mais universal presentes de forma vincada e transversal. Este é um festival de características únicas já com reconhecimento nacional e internacional, que enaltece poderosos valores.

Existe uma profunda diferença entre os significados básicos do verbo “ouvir” e do verbo “escutar”. Ouvir está relacionado diretamente com o próprio sentido: o sentido da audição. Escutar significa estar atento a um som abstrato ou ao som de uma palavra e ao seu significado, que vai para além do ato involuntário de ouvir. É compreender o significado do som e vivenciá-lo, racional e emocionalmente.

Na música, assim como na vida, saber escutar é muito mais do que ouvir. É estar atento ao próximo, para compreender e ser compreendido., reforça a equipa de Direção Artística.

O Festival Internacional de Música de Setúbal, com organização da A7M, Associação Festival de Música de Setúbal, surge de uma vontade conjunta entre a Câmara Municipal de Setúbal e o The Helen Hamlyn Trust. Toda a imagem de comunicação do Festival foi criada e desenvolvida pela equipa de Comunicação da Câmara Municipal de Setúbal.

Os bilhetes para o Festival podem ser comprados em:

Fórum Municipal Luisa Todi

Bol

Gostou de ler esta notícia faça a sua assinatura, ajude-nos a informar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.