Início>Atualidade>9 de julho -Dia Mundial pelo Desarmamento
Desarmamento

9 de julho -Dia Mundial pelo Desarmamento

Efeméride – Dia Mundial pelo Desarmamento

O objetivo deste Dia Internacional do Desarmamento é retirar o maior número possível de armas de fogo de circulação, de forma a diminuir as mortes, os feridos e a violência em geral.

O tema é tão importante que, na ONU, funcionam órgãos exclusivamente a trabalhar na questão do desarmamento.

Cada país do mundo tem a sua legislação relativamente ao comércio e ao porte de armas. Com o aumento dos ataques terroristas a pressão sobre os governos para mudar a legislação aumenta, em países como os Estados Unidos, por exemplo.

As iniciativas do dia do desarmamento variam de país para país. Entre elas destacam-se as marchas silenciosas de protesto contra as armas, os cortejos de homenagem a vítimas e a destruição de armas de fogo.

Pesquisas realizadas mostram que o Brasil é o país onde mais se mata com armas de fogo. A posição seguinte é ocupada pelos Estados Unidos. Juntos, ambos são responsáveis por mais de 30% de mortes à bala em todo o mundo.

Em Portugal, a estimativa é de que existam mais um milhão e meio de armas ilegais, ainda que no país o porte de armas seja permitido mediante licença entregue na PSP ou na GNR.

No dia de hoje assinalamos também:

Catarina, a Grande

1762 — Catarina, a Grande, torna-se imperatriz da Rússia após o golpe contra seu marido, Pedro III da Rússia.

Mozart 

1763 — A grande viagem da família Mozart pela Europa começou, moldando o perfil do filho pródigo Wolfgang Amadeus.

Lei Contra a Escravidão

1793 — A Lei Contra a Escravidão no Alto Canadá proíbe a importação de escravos e libertará aqueles que nascerem na escravidão após a aprovação da Lei aos 25 anos de idade.

Argentina

1816 — Argentina (até então conhecida como Vice-Reino do Rio da Prata) declara sua independência da Espanha.

Primeira cirurgia

1893 — Daniel Hale Williams, cirurgião cardíaco americano, realiza a primeira cirurgia de coração aberto bem-sucedida nos Estados Unidos sem anestesia.

3.º governo da Ditadura Militar

1926 – Nomeado em Portugal o 3.º governo da Ditadura Militar, chefiado pelo presidente do Ministério Óscar Carmona.

6.º governo da Ditadura Militar

1929 — Nomeado em Portugal o 6.º governo da Ditadura Militar, chefiado pelo presidente do Ministério Artur Ivens Ferraz.

Hitler

1943 — Segunda Guerra Mundial: começa a invasão aliada da Sicília, levando à queda de Mussolini e forçando Hitler a interromper a Batalha de Kursk.

Megatsunami

1958 — Um sismo de 7,8 Mw no Alasca causa um deslizamento de terra que produz um megatsunami. O aumento das ondas atingiu 525 m na borda da Baía Lituya; cinco pessoas morrem.

Comunidade Económica Europeia

1961 — A Grécia torna-se o primeiro estado membro a aderir à Comunidade Económica Europeia ao assinar o Acordo de Atenas, que foi suspenso em 1967 durante a ditadura militar grega.

Lei Homossexual

1986 — O Parlamento da Nova Zelândia aprova a Lei de Reforma da Lei Homossexual, legalizando a homossexualidade na Nova Zelândia.

Nascimentos

1947 – O. J. Simpson, ator e ex-jogador de futebol americano.

1956 – Tom Hanks, ator norte-americano.

1978 – Nuno Santos, futebolista português.

Falecimentos

1980 — Vinícius de Moraes, poeta, compositor e diplomata brasileiro 

Gostou de ler esta notícia faça a sua assinatura, ajude-nos a informar.