Início>Atualidade>NATAÇÃO PORTUGUESA EM “STELLIUM”
Natação Portuguesa em Stellium

NATAÇÃO PORTUGUESA EM “STELLIUM”

NATAÇÃO PORTUGUESA EM “STELLIUM”

No Universo, os astros estão sempre em movimento. Cada um na sua velocidade.

Na Astrologia, quando três ou mais planetas se alinham no mesmo signo, o fenômeno é conhecido como “stellium”.

Na vida, quando as coisas acontecem de forma favorável, dizemos que os astros estão alinhados.

Anúncio

Anúncio

É o caso da natação portuguesa. Os astros estão alinhados.

O presidente da Federação Portuguesa de Natação é o presidente da LEN, o calendário está sendo cumprido, os programas estão sendo realizados, projetos em andamento com sucesso, as participações internacionais seguem uma estratégia e, o mais importante, os resultados são os melhores da história.

Nada acontece por acaso. Os atletas não aprenderam a nadar ontem. Mostrou que o país tem uma cadeia produtiva eficiente. Atletas, técnicos, dirigentes e instituições. Quem venceu foi o processo.

A natação está em alta. O status presente é o sonho realizado de toda a comunidade. Espaço ampliado na mídia, reconhecimento no cenário nacional e internacional, sedimentação da posição na sociedade, possibilidade de ampliação de recursos, valorização de toda a comunidade aquática portuguesa.

Os nadadores campeões são referência para o engajamento de uma nova geração, transformando a modalidade em imortal. Espiral positiva.

Mas, há uma diferença entre o que ocorre no alinhamento dos planetas e o alinhamento na vida. Nos astros não temos controle. Na vida, temos. Esse alinhamento é uma oportunidade.

Aproveitar o momento para agrupar, unir esforços, esquecer preconceitos, diferenças políticas. Só existe um lado: o da natação portuguesa.

Realinhar, reprogramar, controlar…críticas, quando houver, que sejam construtivas e comunicadas em canais competentes. Ninguém é infalível.

Os desafios, tal qual um vídeo game, vão aumentar. Outro nível. É como ultrapassar um rio e dinamitar a ponte. Só para a frente. Não há retorno.

O que se fizer hoje, pode ser o diferencial amanhã.

Aos que dirigem, mais trabalho e sandálias da humildade. Aos que colaboram, mais trabalho, apoio e determinação. Aos atletas e técnicos, mais trabalho e confiança. Salve a natação portuguesa!

Veja artigos da categoria de Desporto

Ricardo Moura, escreve no Português do Brasil

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Ricardo Moura
Participou em 7 edições dos Jogos Olímpicos, 6 Jogos Pan-Americanos, 25 Campeonatos Mundiais. Membro do Comitê Técnico de Natação da Federação Internacional de Natação por 12 anos. Secretário Tesoureiro da Confederação Sul-Americana de Natação e da Confederação Latina de Natação. Gerente de Natação da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos - CBDA, por 27 anos. Participação em projetos de conquista de 10 medalhas olímpicas. Professor do Curso Avançado de Gestão Esportiva do Instituto Olímpico Brasileiro -IOB/COB, de 2009 a 2017. Autor do livro Gotas Olímpicas,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.