Início>Crónica>À Maria!
À Maria

À Maria!

Lembrança da Maria Morais Frutuoso


Maria

Era uma vez uma menina. Uma menina chamada Maria. Cheirosa, sorridente e luminosa, a Maria era amada pela família, pelos amigos e companheiros de quatro-patas.

Um dia, a Maria foi embora. Partiu agarrada a um balão, deixando a sua cidade vestida de branco, numa marcha triste e silenciosa.

Anúncio

Ninguém estava à espera do dia em que fosse acordar num sítio diferente. Tudo acontecia habituado à sua presença e os meses eram alegres e despreocupados.

O vazio que veio com a sua ida fez-nos procurar mais além por sinais dela. Algures mais longe e mais alto, voa a Maria de um lado para o outro, tornando os dias mais soalheiros. Decora o céu com nuvens suaves e com os tons do amor e da saudade. E o tempo passa cá em baixo, onde tudo acontece diante dela e debaixo do manto que pinta para nos recordar de quem era.

Ficam as histórias, lembranças e memórias de uma menina que tanto deu – e que tanto não chegou a dar – e a certeza de que um dia nos voltará a encontrar.
Até sempre minha, nossa amiga. 

Por Rita Ferreira


Foto retirado do Facebook da Maria Morais Frutuoso

A Rita Ferreira corporizando um grupo de jovens, que pediram para não ser identificados fez chegar à redacção do RM Jornal este bonito texto de Lembrança da partida de uma jovem riomaiorense, que com apenas 24 anos nos deixou abruptamente, vítima de acidente de viação.

Quando alguém parte, deixa nos nossos corações um lugar oco escuro, que lentamente vai sendo ocupado pelas boas memórias que cada um dos seus conhecidos amigos e familiares partilhou.

Se esse ser tem à sua volta uma aura de luz, e se parte em idade jovem, com um projecto por cumprir, a dor da partida acentua-se de forma exponencial.

Foi isso que aconteceu com o passamento da Maria Morais Frutuoso. Todas as suas características, – simpática, bonita e interventiva a nível social, filha única. e com os progenitores bem conhecidos socialmente- , impelem toda uma comunidade para momentos de nostalgia, introspecção e luto, mas naturalmente é impossível percepcionar o sofrimento dos amigos e familiares mais chegados, nomeadamente do seu Pai e da sua Mãe.
O Rio Maior Jornal, entende que conforme o solicitado por um grupo de amigos, esta é aforma de recordar a Maria Morais Frutuoso, e de endereçar a todos um voto de pesar.

Até sempre Maria!

Anúncio

Anúncio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.