Início>Atualidade>Corum XL, Anuncia Compra do Centro Logístico das Carnes Nobre
Carnes Nobre

Corum XL, Anuncia Compra do Centro Logístico das Carnes Nobre

A Corum XL Compra Centro Logístico das Carnes Nobre

José Gavino, director em Portugal, do fundo Corum XL, anunciou, esta segunda-feira, em comunicado, a compra “do centro das operações de armazenagem, logística e distribuição da produção da Nobre para Portugal e para mercados internacionais”.

O Fundo Corum XL, de capitais franceses, tem cerca de 70 milhões de Euros em diversos investimentos no nosso país, mas o valor do negócio referente ao centro logístico da Nobre não foi revelado.

O Centro Logístico da Nobre tem cerca de 9100 metros quadrados e foi construído em 2011, tendo sido um dos maiores investimentos no parque de negócios da zona industrial de Rio Maior, o primeiro parque de negócios integrado do país.

Anúncio

Anúncio

O Rio Maior Jornal continuará a aprofundar esta notícia, e as suas implicações no tecido empresarial de Rio Maior, e tem hoje mais de 500 trabalhadores, sendo provavelmente a maior empregadora do concelho.

A Indústria de Carnes Nobre é uma empresa icónica para Rio Maior, desde a sua fundação pela família Nobre.

Marcolino Nobre abriu o primeiro talho em 1918 em Rio Maior, e desde aí não parou o crescimento, tendo criado a sociedade em 1962, cinco anos depois de abrir o primeiro matadouro em 1957.

Posteriomente, em 2006, a Smithfield Foods, veio a adquirir as Carnes Nobre, visando essencialmente objectivos estratégicos e comerciais, fundindo-se posteriormente em 2008 com a Campofrio.

Desta fusão resultou o novo Grupo Campofrio Food Group, maior empresa de carnes processadas da Europa e uma das cinco maiores do mundo.

Com as alterações económicas, em 2009, a unidade industrial de Rio Maior, sofreu uma grande alteração na sua estrutura, não só com a criação do centro de logística, mas igualmente com a aposta na unidade de produção de Rio Maior, que nessa altura competia com a unidade Campo Frio em Espanha, tendo a opção beneficiado a unidade de Rio Maior.

Veja mais artigos sobre economia aqui

Anúncio

Anúncio

Anúncio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.