Início>Cultura e Desporto>100 Anos da Filarmónica da Vila da Marmeleira
Banda Filarmónica

100 Anos da Filarmónica da Vila da Marmeleira

A Primeira Apresentação da Banda

Banda Filarmónica da Marmeleira 1921 – créditos de Carla Pedrosa Pinterest

Foi no dia 1º de Maio de 1921, que a Banda Filarmónica da Vila da Marmeleira, se apresentou pela primeira vez em público, sob regência do seu primeiro Maestro, sempre lembrado, J. Luís Fernandes, natural de Santarém.

A “Saudação á Marmeleira”, foi um projeto de sua autoria, e do qual existe ainda um exemplar único para 1º clarinete. A banda começou com um instrumental em segunda mão, adquirido em Santarém e Ribeira de Santarém.

O fardamento era de cotim: casaco de gola alta, fechada e boné, exornados com aplicações a encarnado e amarelo que, pelo realce destas cores, receberam o cognome de os canários.

Anúncio

Anúncio

Uma Banda Centenária

Nestes 100 anos de existência a Banda Filarmónica teve diversos maestros, estando presente em centenas de concertos e festejos anuais, dos quais se destacam:

O Festival de Bandas Civis em Lagos em Setembro de 1994,

O Festival de Condom – França em Maio de 1997,

O Encontro de Bandas no Crato em Maio de 2001,

O Encontro de Bandas na Marmeleira em Maio de 2001,

Um concerto no Parlamento Europeu em Bruxelas no dia 19 de Setembro de 2001,

O Encontro de Bandas no Bombarral em Outubro de 2001,

O Encontro de Bandas no Montijo em Abril de 2002,

E o Encontro de Bandas em São Sebastião – Rio Maior.

A 15 de Agosto de 2021 concerto na Vila da Marmeleira que foi um estrondoso êxito para o agrado da população bem como para os muitos visitantes.

Atualmente, a banda é dirigida pelo maestro Acácio Silva, a banda encontra-se numa crescente evolução, tanto em termos de qualidade como em termos de músicos.

Este é um ano muito importante para a Banda filarmónica da Vila da Marmeleira, pois esta completa um século de existência é uma das mais velhas do concelho, se não a mais velha.

Atualmente, o fardamento da banda é com calça preta, camisa branca, polo, boné, casaco bordô.

A Casa do Povo da Vila da Marmeleira é o local onde se realizam os ensaios da banda e as aulas para a preparação dos mais jovens que com certeza serão o futuro da banda.

No último século a Banda filarmónica da Vila da Marmeleira merece ser reconhecida pois, tem dinamizado e demonstrado o seu talento em diversas partes do país bem como internacionalmente em diversos concertos realizados no estrangeiro e levando assim a um reconhecimento do concelho de Rio Maior.

Veja a notícia sobre o concerto desta banda no passado dia 15 de Agosto, que nós noticiamos.

As bandas filarmónicas foram inspiradas nos ideais da liberdade e fraternidade, pós revolução francesa, e tiverem em Portugal uma expansão consequente à implementação da República.

Daí existirem em Portugal um número elevado de bandas filarmónicas, que tem datas de fundação correspondente aos anos seguintes a 1910.

E é portanto muito natural a antiguidade da banda filarmónica da Vila da Marmeleira, ser de 1921, pois a Vila da Marmeleira, foi dos primeiros locais onde foi proclamada a República, com António de Sousa Varela e António Custódio dos Santos a terem um papel determinante neste processo.

Durante o Estado Novo, estas instituições forma determinantes no ensino da música em Portugal, e eram praticamente as únicas escolas de música existentes, que levavam o ensino da música a toda a gente.

Muitos dos nomes das bandas filarmónicas , tem associado os vocábulos de sociedade de instrução e recreio, ou de cultura e recreio, cuja origem se justifica pela política de levar a instrução e a música a cada vez mais pessoas. Existem hoje inúmeros trabalhos académicos sobre estas agremiações que merecem o estudo dos interessados:

Veja só quantas monografias e teses se encontram aqui.

Continuaremos a abordar estes aspectos das associações das diferentes localidades do concelho, em próximos artigos.

Este artigo foi elaborado a partir do texto da Vilamarmeleirense Inês Gomes, a quem o RMjornal agradece. e aproveita para solicitar a outros jovens, ou menos jovens, de todos as freguesias que estejam interessados em colaborar com o nosso jornal que nos contactem, seja para colaborações pontuais, ou regulares.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

One thought on “100 Anos da Filarmónica da Vila da Marmeleira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.